4.4. Preenchimento das células com concreto

Preenchimento das células com concreto

Sistemas de confinamento celular preenchidos com concreto é uma alternativa de elevado custo-benefício, quando comparados aos tradicionais canais revestidos com concreto. A flexibilidade natural do sistema de confinamento celular preenchido com concreto permite a conformação deste com a movimentação do solo de apoio, sem o fissuramento e o desnivelamento que ocorre nas placas de concreto moldadas no local. Os custos de instalação são extremamente reduzidos pela eliminação do custo das formas e outras técnicas de construção empregadas em revestimento de canais com concreto.

Em áreas com acesso limitado, ou muito erodidas, a construção de um muro de geocélula empilhadas ao longo dos taludes do canal permite o enchimento com solo vegetado, material granular ou concreto nas células externas, de modo a gerar um talude íngreme e aumentar a resistência para velocidades de escoamento maiores, figura 6.

Para preenchimento com concreto, recomenda-se:

  • velocidade de escoamento/fluxo máxima maior que 1,8 m/s (6 fps) menor que 6 m/s (20 fps): Geocélula de 75 mm (3”) de altura;
  • velocidade de escoamento/fluxo máxima maior que 6 m/s (20 fps) e menor que 7 m/s (23 fps): Geocélula de 100 mm (4”) de altura;
  • velocidade de escoamento/fluxo máxima maior que 7 m/s (23 fps): Geocélula de 150 mm (6”) e 200 mm (8”) de altura.

Nota: A ancoragem necessária é função da profundidade da velocidade do fluxo máximo, da inclinação do talude e do peso próprio do sistema de revestimento. O projetista deve basear o projeto em informações especificas do local.